Saúde: Tire 10 dúvidas sobre o câncer de mama

0

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), o câncer de mama é o tipo mais comum entre mulheres no Brasil e no mundo, após o de pele não melanoma. A incidência é de 28% dos casos novos a cada ano.

Recentemente, a apresentadora Ana Furtado foi diagnosticada com a doença. Em um vídeo divulgado no Instagram, Furtado conta que passou por uma cirurgia e continuará o tratamento com quimioterapia.

Para tirar dúvidas, o Pleno.News preparou uma lista com 10 questões sobre o câncer de mama.

Confira:

1. O que causa o câncer de mama?
Algumas pessoas podem ser portadoras de uma mutação genética que causa câncer de mama. Alguns possíveis fatores são estresse, sedentarismo, obesidade e tabagismo, entre outros.

2. Em qual idade há maior risco de desenvolver câncer de mama?
Esse tipo de câncer é raro antes dos 35 anos. A incidência aumenta com a idade, especialmente depois dos 50 anos.

3. Mulheres que fizeram tratamento para engravidar têm mais chance de ter câncer de mama?
Não existem indicadores de que mulheres que fizeram esse tipo de tratamento têm mais chance de ter câncer de mama.

4. O autoexame realmente tem eficácia?
O autoexame tem eficácia. Apesar do tumor só ser palpável a partir de 1 cm, a detecção precoce ajuda no tratamento.

5. Quais são as opções de tratamento?
É possível fazer cirurgia para a retirada do tumor, quimioterapia, radioterapia e hormonioterapia. Esta última consiste em remédios que atuam para bloquear a ação de hormônios. Há ainda a mastectomia clássica, quando se retira todo o tecido mamário e se pode colocar próteses.

6. Quais as chances de sobreviver ao câncer de mama?
Quanto mais precoce o diagnóstico, maior a chance de sobrevivência. Não há como prever a sobrevida exata dos pacientes já que cada um tem tumores com diferentes graus de agressividade.

7. A partir de qual idade e com qual frequência se deve fazer a mamografia?
É importante fazer a mamografia anualmente a partir dos 40 anos. Mas quem tem histórico familiar da doença deve procurar um especialista independentemente da idade para saber se há a necessidade do exame.

8. Quando a terapia hormonal é indicada para tratar o câncer de mama?
O tratamento pode ser indicado na neoadjuvância (tratamento pré-operatório com intuito de diminuir o tamanho do tumor e de permitir uma cirurgia menor); na adjuvância (tratamento pós-operatório com intuito de eliminar células que porventura estejam circulando ou tenham escapado à ressecção cirúrgica, para evitar que a doença recidive); ou na doença metastática. Em alguns casos também é indicado para prevenir o câncer.

9. Quais são os sintomas do câncer de mama?
Alguns dos sintomas são: nódulo único endurecido; edema (inchaço) da pele; inversão do mamilo; sensação de massa ou nódulo em uma das mamas; sensação de nódulo aumentado na axila; dor na mama ou mamilo; entre outros.

10. É possível evitar o câncer de mama?
Não é possível afirmar com 100% de certeza o que evitará o câncer. Mas algumas atitudes podem diminuir o risco de incidência. Uma delas é ter uma vida saudável, como alimentação balanceada e exercícios físicos. Em alguns casos, quem tem mutação genética pode fazer cirurgia preventiva. O cirurgião irá retirar o tecido mamário e substituir por próteses. Apesar da chance diminuir consideravelmente, o câncer ainda poderá surgir já que o tecido não pode ser retirado totalmente.

fonte: Pleno news

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here